Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MANUAL DA MODA

Para Mulheres (im)Perfeitas

Magazine XL #1

Na sociedade contemporânea, crescemos com ídolos esqueléticos, desde a Barbie às princesas da Disney… Sonhamos em ser como elas e conseguir alcançar o nosso final feliz, até que um belo dia percebemos que são tudo tretas! Treeeetas! O “viveram felizes para sempre” não existe, não é possível ter o corpo delas (de forma saudável e sã!) e, muito menos, as duas coisas juntas. A forma como somos moldados a pensar que a felicidade consegue-se com um corpo irreal fez derramar muita tinta na imprensa, mas alguma coisa mudou? Por vezes, ainda parece que os grandes feitos estão reservados às mulheres magras. Nesta rubrica pretendemos provar o contrário e, mostrar que existem muitas mulheres cheiinhas… de sucesso!

 

 

Assim, de repente, não se lembra de nenhuma? E que tal começarmos pela, mundialmente, (re)conhecida Adele? Adele Laurie Blue Adkins é uma cantora, compositora e multi-instrumentista, nascida em Londres, no dia 5 de Maio de 1988. Esta mulher de peso derrubou barreiras, ignorou preconceitos, dominou o mundo da música e tocou a nossa alma. Vencedora de dez Grammy Awards, quatro Brit Awards, um Golden Globe Award e um Oscar, entre outros, ela superou recordes de músicos como The Beatles, Michael Jackson, Whitney Houston, Madonna e Beyoncé.

 

 

Com um rosto belo e marcante como a sua voz, Adele é considerada a cantora britânica com menos de 30 anos mais rica do Reino Unido. Mas não fiquemos por aqui… Que isto é coisa pouca! Em 2011, foi nomeada a Artista do Ano pela revista Billboard, em 2012, colocada na quinta posição da lista das 100 Grandes Mulheres da Música pela VH1 e eleita uma das pessoas mais influentes do mundo. E para provar que tudo é possível, Adele foi eleita a décima quinta artista mais sexy da VH1. Pumbas!

 

Ela é uma verdadeira inspiração, não acham?

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.