Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MANUAL DA MODA

Para Mulheres (im)Perfeitas

Problemas de Uma Mulher (Im) Perfeita #25

 

Às vezes, tenho saudades de ser criança. Saudades de andar só com a cueca do biquíni, sem pensar se tinha as maminhas à mostra, a barriga saliente ou as pernas flácidas e gordinhas. Saudades de ir para a praia só para brincar, sentir a areia pelo corpo todo (e era mesmo todo!) e passar horas na água e as outras restantes a perguntar se podia ir à água. Como eu adorava ir à água! Agora só penso que para ir à água tenho que levantar o meu rabo mole, o que significa sair daquela bolha invisível que é o pára-vento e o guarda-sol, onde ninguém me vê, e expor-me, descaradamente, a dezenas de pessoas ávidas por apontar o dedo. Ainda por cima a água é fria! Raios! O que não é mau de todo, porque ajuda-me a encolher a barriga e a esticar-me como se não tivesse uns míseros 1,60m de altura.

 

Mesmo tendo conflitos internos em expor-me, nunca recusei uma ida à praia! A vergonha pode ser muita, mas a vontade de laurear a pevide é bem maior. Ficar em casa, é que não! Já fui com muita gente. Não tenho, propriamente, um grupo fixo, mas houve um, em concreto, que me chocou… Eram todas mulheres e todas adoravam falar mal de quem passava. E, de repente, eu estava do outro lado… O lado obscuro da praia, que eu tanto temo. Pânico! Quem eram elas para julgar? Não eram, com certeza, as pessoas mais magras, tonificadas e saudáveis do planeta e arredores. E mesmo que fossem, que direito tinham? Eu digo-vos. Nenhum!

 

E sabem o que é engraçado… Percebi, que o que elas criticavam, na realidade, não era a gordura, a celulite, a flacidez, os peitos descaídos, os peitos pequenos, as peles, as estrias, porque todas nós temos algo que gostaríamos de mudar (eu até tenho mais do que uma!), mas sim o biquíni que escolhiam! Não por ser feio ou bonito, mas por ficar mal. Ridículo, diziam elas. E faz sentido. Todo o sentido! As mulheres, genericamente falando (c-l-a-r-o!!!), adoram criticar a roupa de outras mulheres… Porque não haveriam de o fazer na praia, onde há muito “erro” para ver e nada para fazer?

 

E a verdade é que, se pensar bem no assunto, durante muito tempo escolhi o biquíni baseado, simplesmente, na estética. Só! Servia? Óptimo! Apertava-me a barriga? O peito ficava esquisito? O rabo descaído? Ah, está bom, não quero saber! Desde que fosse bonito e estivesse na moda… Erro! Anos depois percebi que o meu peito fica muito mais redondo e bonito com push up almofadado (até dá ar de quem tem alguma coisa de jeito…) e que a minha anca fica muito mais curvilínea e sexy com cuecas descidas de laços laterais. E sabem que mais? Até posso não ter o biquíni mais lindo, mais fashion e mais fofinho do mundo (embora eu ache que sim)… Mas faz-me sentir confiante e aproveitar o máximo do Verão, sem vergonhas! Afinal, ele só existe uma vez por ano…

 

Vejam as nossas dicas, do ano passado, para escolher o biquíni perfeito, e aproveitem as vossas férias!

  • As nossas dicas para o biotipo ampulheta. Clique aqui.
  • As nossas dicas para o biotipo rectângulo. Clique aqui.
  • As nossas dicas para o biotipo triângulo. Clique aqui.
  • As nossas dicas para o biotipo triângulo invertido. Clique aqui.
  • As nossas dicas para o biotipo oval. Clique aqui.

 

Bom fim-de-semana!

Beijinhos,

Carla

 

Gostou dos Problemas de Uma Mulher (Im)Perfeita? Leia mais aqui.

 

Já nos segue pelo facebook? Clique aqui.

Gostou do artigo?