Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MANUAL DA MODA

Para Mulheres (im)Perfeitas

Espelho, Espelho Meu #108

Para o Tibães Fashion o que levei eu?

Um evento de moda  deixa-me sempre (um pouquinho) receosa na hora de abrir o armário e escolher o que levar… Por vários motivos. Quais?

1. Deve ser elegante, porque não deixa de ser uma comemoração. A comemoração do trabalho e dedicação da organização, dos criadores e modelos.

2. Deve aplaudir a originalidade e a criatividade, pois é para isso mesmo que vamos! 

3. Deve ser prático e confortável, porque este tipo de eventos é, extremamente, cansativo e exige imensas horas em pé.

4. Por fim, como se não chegasse, deve servir e favorecer a minha silhueta.

 

Para complicar (mais um pouco) eu e a Carla, decidimos que deveríamos ir iguais para mostrar que a moda pode e deve ser para todas as mulheres, independentemente, do seu tamanho (ver mais aqui). E haverá melhor lugar para o fazer, do que num evento de moda?! Foi preciso coragem, confesso! Afinal, nenhuma mulher gosta de ir a qualquer lado, que seja, e encontrar outra pessoa com a mesma roupa (mesmo em cores diferentes)… quanto mais numa cerimónia deste calibre! E nós, maluquinhas, fomos! Vejam só, o quanto é importante para nós que levem a sério esta causa… Ainda duvidam da nossa palavra?

 

Cuidados que tive neste visual:

1. Procurei o glamour através de peças femininas e elegantes, como esta saia “pencil” assimétrica;

2. Em contraste, assumi um sapato masculino para aguentar as horas em pé.

3. Para compensar o facto de ficar mais baixa, prolonguei a silhueta com umas meias da cor da saia e uma camisola justa de gola alta.

 

Preferia ter usado um tacão, sem dúvida, mas preferi, ainda mais, estar confortável para assistir às propostas dos criadores com toda a atenção que merecem. Afinal, este é o nosso trabalho!

---

Camisola: Loja Manual da Moda 

Mangas: Atelier Manual da Moda

Saia: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Loja Manual da Moda 

---

 

Não perca o visual da Carla na quinta-feira e descubra as diferenças!

Que tal, gostaram do resultado? 

 

Beijinho,

Emília

 

Sabia que estamos a oferecer uma mala à escolha? Clique aqui.

Gostou do artigo? 

Vamos Falar de Moda? #45

Tibães Fashion

Se procurarmos exuberância no dicionário de língua portuguesa, encontramos como definição: abundância, intensidade e vigor. Se procurarmos exuberância no Tibães Fashion, encontramos em cada detalhe: abundância, intensidade e vigor. Foi esse o tema desta esperada IV edição do Tibães Fashion, nos dias 14 e 15 de Novembro, no carismático Mosteiro de Tibães. Como já falamos aqui, o respeito que temos por este projecto é enorme e o que prometeram, sem mais palavras, cumpriram! 

 

Tentámos seleccionar os nossos favoritos, mas foi impossível... Eram tantos! Por isso, só por hoje, vamos falar menos e mostrar mais, pode ser? Aqui ficam algumas fotos (desculpem a qualidade) desta noite, no mínimo, exuberante. 

Para finalizar, um especial obrigada àqueles que nos proporcionaram estes momentos e que, esperamos, voltar a ver em breve:

  • Ao evento Tibães Fashion, cujo trabalho pode seguir aqui;
  • Ao criador Nelson Lisboa, cujo trabalho merece ser seguido aqui;
  • À querida Ângela, do blog A Princesa Sem Tiara, que pode conhecer aqui;
  • À doce Sara, do blog Loviness by Sarah, que pode conhecer aqui;
  • À altíssima Marlene, do blog MCTBeauty, que pode conhecer aqui.

 

Espero que se tenha rendido tanto como nós... Entretanto, durante a semana, não percam os pormenores desta noite. Fiquem connosco!

 

Boa semana! Beijinhos,

Emília e Carla

 

Sabia que estamos a oferecer uma mala à escolha? Clique aqui.

Gostou do artigo?   

Problemas de Uma Mulher (Im) Perfeita #13

Lembro-me que atingi o meu peso máximo na faculdade e, de certa forma, nem me preocupava muito, porque eu estava mais concentrada em conseguir aproveitar o máximo possível daquela experiência. E que experiência! Foram anos loucos... (Olhem a cota, a meses dos 30 anos, a sentir saudades da juventude! Ahahah!) Até que ia às compras com as minhas amigas cheias de estilo, lindas, maravilhosas e magras que só iam a lojas para gente magra. Aaaai, que tortura! Eu ia para estar um pouco mais com elas. Elas divertiam-se e eu divertia-me com elas. Só que não! A verdade é que sentia-me mal, porque pouco ou nada ficava-me bem. Uma camisola ou outra, talvez... Mas partes de baixo, como saias ou calças, nem perdia tempo a experimentá-las! Para quê?! Para esmagar, embrulhar e atirar ao lixo a minha auto-confiança ou, naquele momento, o resto dela? Nem pensar! Cortava caminho e ia direita à secção de acessórios! E, assim, lá vinha a Carla com um colar novo para casa... Foram tantas as vezes!

 

Felizmente, era tempestade de pouca duração... Bastava ir à loja da minha irmã que a tristeza passava-me! Simplesmente, porque tinha os tamanhos certos para mim. Tão simples! E a verdade é que, mesmo depois de emagrecer 15 kg, não compro em mais lado nenhum. Ganhei pavor a shoppings e a lojas estereotipadas com padrões de beleza irreais. Abro algumas excepções, claro, mas não gosto. Não gosto, porque aprendi que não se trata só de tamanhos. Trata-se de tecidos, cortes e acabamentos. E esse pormenores (ironicamente insignificantes) fazem toda a diferença na forma como a peça se ajusta, molda ou cai no corpo. Poderia comprar em qualquer lugar, mas em nenhum lugar encontro roupa que me fique tão bem (tendo em conta os preços) como no Manual da Moda. Por isso, se me virem no shopping... Provavelmente, fui ver acessórios!

 

Alguém, por aí, que já tenha passado ou passe pelo mesmo?

 

Beijinho,

Carla

 

Sabia que estamos a oferecer uma mala Primadona à sua escolha? Participe aqui.

Gostou do artigo?  

1 Peça = 3 Visuais #29

Calças Boyfriend

Ontem (ver aqui), a Carla escolheu um modelo de calças rasgadas que faz confusão a muitas mulheres… E nós entendemos! Como é possível passarmos a vida à procura de formas e poções mágicas para ficarmos mais elegantes e, de repente, dizem-nos que está na moda usar calças boyfriend?! Entendemos, claro, mas não concordamos. A moda tem destas coisas… Tanto dita as regras, como pede para quebrá-las! A verdade é que a elegância não é sinónimo de peças justas, mega femininas e um pouco ou tanto desconfortáveis para o dia-a-dia. A elegância é saber estar, é atitude mas, acima de tudo, é equilíbrio. Pode parecer impossível conseguir isso tudo com um modelo tão descontraído, como estas calças, mas existem alguns truques. Quer saber quais?

 

Dicas para usar calças boyfriend de forma elegante:

1. As calças boyfriend têm tendência para encurtar a perna e tornar-nos, visualmente, mais baixas. Compense com tacões altos ao seu gosto.

2. As calças boyfriend têm tendência para disfarçar a curva da anca. Compense com peças que mostrem a sua silhueta, como casacos curtos.

3. As calças boyfriend têm tendência para tornar o look casual e descontraído. Compense combinando outras peças mais femininas, finas e de qualidade.

 

Já perceberam a ideia? Não é nenhum bicho de sete cabeças, pois não? Mesmo assim, para que não restem dúvidas, aqui ficam três sugestões com peças que poderão encontrar na loja Manual da Moda. Curiosas?

Visual 1

Casaco: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Camisa: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Calças: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Loja Manual da Moda (ver aqui)

---

Visual 2

Casaco (Marjocri): Loja Manual da Moda (ver aqui)

Camisa: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Calças: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Loja Manual da Moda (ver aqui)

---

Visual 3

Casaco : Loja Manual da Moda (ver aqui)

Camisa: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Calças: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Passatempo (ver aqui)

---

 

Que tal, gostaram? Algum favorito?

 

Um beijinho,

Emília e Carla

 

Sabia que estamos a oferecer uma mala à escolha? Clique aqui.

Gostou do artigo?

Espelho, Espelho Meu #107

Que calças rasgadas escolhi eu?

O meu sonho era ter uma casa cor-de-rosa, imaginem! Era! Adorava brincar com as barbies, na mesma medida que, adorava fugir de casa (o pesadelo dos meus pais), ir brincar com os rapazes, esmurrar-me até sangrar e sujar-me de terra. As cicatrizes estão aqui para o provar! Sempre apreciei o lado prático, descontraído e divertido deles. E eles nunca me viram como uma menina cor-de-rosa, porque na realidade… Eu não o era, completamente! Mas, também, não era maria rapaz. Era um meio termo! E ainda sou. Talvez, por isso, não tenho problemas em quebrar algumas regras e optar por peças que não me favoreçam tanto… Mesmo tendo noção que choque muitas mulheres! Talvez, por isso, mesmo sendo baixinha, escolhi estas boyfriend rasgadas, porque adorei a forma como me senti com elas! Senti-me como aqueles rapazes... Livres, espontâneos e prontos para qualquer aventura. E já que me senti assim, porque não assumir a inspiração masculina no resto do visual?! E foi o que fiz.

 

Cuidados que tive neste visual:

1. Optei por uma camisola confortável, larga e de modelo recto que a minha irmã usou aqui, mas coloquei-a por dentro das calças à frente. Qual é o objectivo? Definir, ligeiramente, a zona da cintura e, por acréscimo, a silhueta, tirando algum volume à camisola.

2. Como as calças fazem-me mais baixa, prolonguei a silhueta adicionando um chapéu da mesma cor (ou semelhante) da camisola. Pensavam que era só para o estilo?

3. Escolhi umas sapatilhas que, embora, seja um modelo unissexo, contrasta, acrescentando um pouco de feminilidade ao visual, devido ao padrão e textura.

4. Optei por uma mala quadrada, de porte médio, nas mesmas cores do visual, uma vez que os restantes acessórios já são muito vistosos. O equilíbrio é regra de ouro!

5. Os óculos?! Decidi assumi-los! Afinal, uso-os todos os dias, desde que me levanto até me deitar… E, também, porque adoro ver rapazes de óculos! Ups! Se calhar, não devia ter dito isto… Mas é verdade! Que posso fazer? Há gostos para tudo e eu adoro óculos!

---

Camisola: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Calças: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Passatempo (ver aqui)

---

 

Que tal, gostaram do resultado?

 

Beijinho,

Carla

 

Sabia que estamos a oferecer uma mala à escolha? Clique aqui.

Gostou do artigo?

As Nossas Dicas #22

Para Usar os Jeans Rasgados Certos

As calças rasgadas voltaram dos anos 90 e, embora, não agrade a gregos e troianos, cada vez ganham mais curiosas e adeptas. A paleta de escolha é enorme! Desde modelos skinny até aos modelos baggy ou boyfriend com rasgões enormes ou mais tímidos, vale tudo! Com tanta oferta, qual é o modelo indicado para si?

 

Como escolher as calças rasgadas certas?

Claro que pode usar o que bem entender, mas se procura o modelo certo para o seu tipo de corpo é importante que primeiro o conheça. Sabe se é mais larga em cima ou em baixo? O segredo é compensar de forma a ficar, visualmente, igual a uma ampulheta. Se já tem o colo e os ombros da mesma largura do quadril… Sorte a sua, porque não precisa de ter tantos cuidados!

1. Anca e Coxa mais Volumosa

É importante ter consciência que as skinny jeans evidenciam as curvas e as desproporções do corpo. Se acha que tem curvas a mais, seja de gordura ou músculo, esta não será a opção mais elegante. Neste caso aconselhamos a usar um modelo de corte a direito e com poucos rasgões para não dar, ainda, mais volume às suas pernas. Pode, inclusive, arriscar num modelo boyfriend estreito e de cós curto. Se gosta do estilo irreverente, porque não?

2. Anca e Coxa menos Volumosa

Pode optar pelas skinny Jeans, se quiser enfatizar as curvas do seu corpo ou, então, pelas boyfriend se quiser dar volume a esta área sem, no entanto, mostrar cada centímetro do seu corpo. É uma questão de gosto, estilo e atitude! No entanto, cuidado se for baixinha… Muitas boyfriend são de cós longo e podem criar a ilusão de que é mais tareca do que é na realidade! Quanto aos rasgões, pode usá-los exagerados ou sóbrios.

 

Como usar as calças rasgadas?

Agora que sabe como escolher as calças rasgadas mais adequadas ao seu tipo de corpo, falta saber como combiná-las. O que usar? O segredo para criar um visual elegante, seja descontraído ou chic, está no equilíbrio. No equilíbrio entre volumes, cores e texturas… Sem esquecer a importância dos acessórios, claro! No entanto, se acha que é muito para digerir, que tal começar por algo mais simples? Sugerimos, então, este modelo, com rasgões discretos, que se adapta a vários tipos de corpo até ao tamanho 46 e que, facilmente, combina com vários estilos, mesmo no frio do Inverno. E que estilos são esses? É o que vamos ver!

------------------------------

Visual 1

Trench Coat: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Camisa: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Calças: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Passatempo (ver aqui)

Restantes Acessórios: Zara

---

------------------------------

Visual 2

Capa: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Camisa: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Calças: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Passatempo (ver aqui)

Restantes Acessórios: Zara

---

------------------------------

Visual 3

Casaco (Marjocri): Loja Manual da Moda (ver aqui)

Camisa: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Calças: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Passatempo (ver aqui)

Restantes Acessórios: Zara

---

------------------------------

Visual 4

Casaco: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Camisola: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Calças: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Passatempo (ver aqui)

Restantes Acessórios: Zara e Adidas

---

 

Gostaram das sugestões? Alguma favorita?

 

Beijinho,

Emília e Carla

 

Não reparou? Estamos a oferecer as malas deste post! Participe aqui.

Gostou do artigo? 

Espelho, Espelho Meu #106

Que calças rasgadas escolhi eu?

Ora bem, como começar a falar de calças rasgadas sem gerar polémica?! Impossível, porque é daquelas tendências que se ama ou odeia. Eu amo! Sempre gostei de looks com doses q.b. de irreverência. Q.b. porquê? Porque aprecio, também, o equilíbrio, a elegância e o bom gosto. Ou, pelo menos, eu gosto de pensar que sim! Infelizmente, nem sempre foi fácil encontrar calças rasgadas para as minhas curvas… Mas não mais! Este modelo que vos trago hoje é perfeito para mim por vários motivos, que passo a enumerar. Toca a decorar!

 

Os jeans rasgados perfeitos para meninas com perna gordinha:

1. A ganga é escura o que torna a parte mais gorda do meu corpo, mais elegante.

2. Os rasgões são discretos e, como tal, chamam pouco a atenção para a parte que quero disfarçar.

3. A cintura é média, o que torna a silhueta mais elegante pois acompanha, tapa e agarra as gordurinhas da barriga. Banhinhas a fugir das costuras, nem vê-las!

4. O corte é a direito, o que torna a minha perna, desproporcional, mais proporcional.

 

Uma vez que, as calças (até) são discretas e adequadas ao meu tipo de corpo, aproveitei para dar um pouco mais de cor e volume à zona mais magra do meu corpo. Adoro comparações! O meu tronco de magro tem pouco, mas a comparar com a minha anca, é! E, por isso, talvez não devesse usar peças tão largas… Talvez! Então, as magras também não poderiam, porque parecem mais gordas! Já sabem o que penso, não sabem?! Se as peças forem adequadas, as gordinhas, podem usar o que quiserem, porque quem diz a moda, diz o estilo, deve ser para todas as mulheres, independentemente, do seu tamanho. Se gostam, ou gostariam, de usar peças oversized, uma das dicas é prolongar o tronco com uma peça, por baixo, da mesma cor das calças, como esta camisa preta comprida e escolher, para cima, uma peça larga de malha fina. E esta é bem fina e quente! Tão fácil, não é? O difícil foi escolher a cor da camisola…

---

Camisola: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Camisa: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Calças: Loja Manual da Moda (ver aqui)

Mala (Primadona): Passatempo (ver aqui)

---

 

Que tal, gostaram do resultado?

 

Beijinho,

Emília

 

Sabia que estamos a oferecer uma mala à escolha? Clique aqui.

Gostou do artigo?

Vamos Falar de Moda? #44

Calças Rasgadas

No Sábado, falámos aqui que um dos problemas de muitas mulheres (im)perfeitas é não conseguir usar os seus jeans favoritos, sem os rasgar entre as pernas. É o pão nosso de cada dia, certo? A verdade é que os jeans rasgam-se! Sempre se rasgaram, principalmente, nas zonas de maior fricção. E os joelhos são uma delas. Quantos remendos já não fizeram, desde que se lembram? As calças que foram para o lixo! Até que alguém teve a ideia de não contrariar o inevitável... Porque não assumir os rasgões? Excelente ideia para algumas. Horrível para outras! Porque raio, iriam comprar e usar uns jeans com aspecto de que andaram na guerra?! Não é elegante! Compreendemos, claro, mas não concordamos. A elegância está no todo e não numa peça só. Um visual não é feito com uma peça, pois não? Antes fosse, porque era bem mais barato... É sim, um conjunto de peças. Mas que peças combinar? Como usar? Como disfarçar as gordurinhas? Eis as questões que responderemos esta semana! Fiquem connosco, mas até lá que tal umas imagens para vos inspirar?

Imagens retiradas do Pinterest.

 

O que acham desta tendência? Já aderiram?

 

Beijinho,

Emília e Carla

 

Sabia que estamos a oferecer uma mala à escolha? Clique aqui.

Gostou do artigo?  

Melhor Do Que...

Chocolate! Sim! Só mesmo a gratificação pessoal e profissional... E vocês sabem como gostamos de chocolate, não sabem? 

 

Esta semana foi muito especial para nós, porque encerra um ano de trabalho diário num projecto que nos é para lá de querido. Nem imaginam o quanto é importante para nós, mostrar-vos que a moda não é só o que mostram nas revistas, televisão, marcas e celebridades versão 34. A moda, neste espaço, é para todas as mulheres! Mulheres normais, como nós e vocês. Nem imaginam o quanto é importante, trabalhar neste conceito diferenciador da igualdade! Não estávamos à espera de receber prendas. O nosso maior desejo é, realmente, poder ajudar algumas de vocês. Inspirar-vos! Mas, sem querer, recebemos. Recebemos tantos miminhos que decidimos vir aqui e agradecer as vossas palavras que são para nós, melhor do que chocolate.

 

1. À Joana, a autora do blog Moda & Style (ver aqui), que nos recomendou como um blog a seguir, na sua merecida entrevista na rubrica Meet the Blogger, da Sapo.

2. À Dora, a autora do blog Girl Lifestyle (ver aqui), que nos acompanha diariamente e nos indicou num dos seus posts maravilhosos sobre tendências.

3. À Inês, a autora do blog Pé Descalça (ver aqui), que mesmo não seguindo blogs de moda, destacou-nos como fonte de inspiração.

4. À Sapo, que destacou na página principal, a nossa rubrica mais pessoal, intensa e divertida "Problemas de uma mulher (im)perfeita" (ver aqui).

 

Uau! Obrigada! Muito obrigada, pois sem as vossas palavras, teríamos que nos contentar só com o chocolate! E não se esqueçam... que também temos prendas (ver aqui) para todas vocês!

 

Beijinhos,

Emília e Carla

 

Já nos segue pelo facebook? Clique aqui.

Gostou do artigo?

Problemas de Uma Mulher (Im) Perfeita #12

Eu tenho alguns jeans que me servem e que me ficam bem. Bem... Mas eu não me contento com o bem! Tenho curvas. Sou gordinha. Roliça... Mas tenho direito, tal como as magrinhas, a ter jeans que me ficam muito bem! Aqueles jeans que eu sei que colocam tudo no lugar e que me fazem sentir, simplesmente, maravilhosa. Perfeita! Tenho direito e com sorte encontro um ou outro modelo que me encha as medidas. Fico tão feliz... O que acontece?! Uso-os sempre que posso! E agora, que o frio está a chegar, uso cada vez mais. O problema é que a perfeição é efémera... E de tanto os usar, começam a ceder entre as costuras da coxa. Que drama! Com tantos jeans, acontece, sempre, mas sempre, nos meus favoritos. Fico tão triste... Tento, irremediavelmente, salvá-los, remendando e reforçando as costuras. Luto com unhas e dentes, porque sei que tão cedo não encontro outro par igual, mas como tudo na vida... Há um fim! E sempre que isso acontece penso... Na próxima, compro dois pares iguais!

 

Alguém, por aí, que partilhe o mesmo problema?!

 

Beijinho,

Emília

 

Sabia que estamos a oferecer uma mala Primadona à sua escolha? Participe aqui.

Gostou do artigo?