Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

MANUAL DA MODA

Para Mulheres (im)Perfeitas

Vamos Falar de Moda? #2

O Inverno bate à porta e com ele as cores escuras.... Aaaah errado! Este ano, o Inverno despiu-se de preconceitos e quer cor, mesmo que os dias sejam cinzentos. Não estamos a falar de uma ou duas, mas sim doze cores principais para colorir os seus dias. Querem saber quais são?

 

E se pensavam que ia ficar por aqui, estão muito enganadas! Para além das cores vivas, voltaram... Adivinhem lá?!? Os padrões! Mas não se assustem... A escolha é tão diversificada, desde os mais psicadélicos aos discretos que, mesmo as mais descrentes, vão ter vontade de usar. Se não é apreciadora, este é um bom ano para reconsiderar e experimentar algo diferente, que se adeque à sua personalidade. Atreva-se!

 

Como sou vossa amiga, deixo, aqui, uma pequena amostra do Manual da Moda sobre o tema. Ora espreitem!

Eu fiquei com a blusa na mira... Acho que vou ali experimentar e volto amanhã com fotografias...

 

Até amanhã!

 

 

Já nos segue pelo facebook? 

https://www.facebook.com/lojamanualdamoda

Magazine XL #1

Na sociedade contemporânea, crescemos com ídolos esqueléticos, desde a Barbie às princesas da Disney… Sonhamos em ser como elas e conseguir alcançar o nosso final feliz, até que um belo dia percebemos que são tudo tretas! Treeeetas! O “viveram felizes para sempre” não existe, não é possível ter o corpo delas (de forma saudável e sã!) e, muito menos, as duas coisas juntas. A forma como somos moldados a pensar que a felicidade consegue-se com um corpo irreal fez derramar muita tinta na imprensa, mas alguma coisa mudou? Por vezes, ainda parece que os grandes feitos estão reservados às mulheres magras. Nesta rubrica pretendemos provar o contrário e, mostrar que existem muitas mulheres cheiinhas… de sucesso!

 

 

Assim, de repente, não se lembra de nenhuma? E que tal começarmos pela, mundialmente, (re)conhecida Adele? Adele Laurie Blue Adkins é uma cantora, compositora e multi-instrumentista, nascida em Londres, no dia 5 de Maio de 1988. Esta mulher de peso derrubou barreiras, ignorou preconceitos, dominou o mundo da música e tocou a nossa alma. Vencedora de dez Grammy Awards, quatro Brit Awards, um Golden Globe Award e um Oscar, entre outros, ela superou recordes de músicos como The Beatles, Michael Jackson, Whitney Houston, Madonna e Beyoncé.

 

 

Com um rosto belo e marcante como a sua voz, Adele é considerada a cantora britânica com menos de 30 anos mais rica do Reino Unido. Mas não fiquemos por aqui… Que isto é coisa pouca! Em 2011, foi nomeada a Artista do Ano pela revista Billboard, em 2012, colocada na quinta posição da lista das 100 Grandes Mulheres da Música pela VH1 e eleita uma das pessoas mais influentes do mundo. E para provar que tudo é possível, Adele foi eleita a décima quinta artista mais sexy da VH1. Pumbas!

 

Ela é uma verdadeira inspiração, não acham?

 

1 Peça = 3 Visuais #1

Esta semana falamos da pele como uma tendência incontornável para este Outono e Inverno. E, ora, nem de propósito, acabaram de chegar à loja (pela terceira vez!) uma das peças com maior procura: leggings a imitar pele. Posso dizer-vos que este modelo é um sucesso garantido. “Mas qual é o segredo?” perguntam vocês. Acima de tudo são confortáveis, como é suposto serem, mas todas gostam deste modelo porque alonga a silhueta devido á cintura alta e, principalmente, porque disfarça a nossa fiel inimiga celulite, devido à estrutura e textura do tecido. Ouço aleluias?

 

Regra de ouro meninas, leggings não são calças, portanto, ao contrário do que se vê na rua, certifiquem-se que saem de casa glamorosas e com o rabo tapado! Para dar um efeito mais longo à perna, optem por calçado à cor do legging ou nude. Meninas baixinhas, leram?

 

Aqui ficam três sugestões com a assinatura do Manual da Moda.

Gostaram? Qual é o vosso favorito?

 

Até amanhã!

Querido, Quero Mudar a Casa! #1

Quando chega esta altura do ano, não só arrumamos os armários (tarefa tãaao chata!!) como também alteramos as roupas de cama. Dizemos adeus aos lençóis fresquinhos e acolhemos os edredões de aquecimento e tudo o que seja térmico e garanta uma boa noite de sono. Para quem está a pensar numa mudança, deixo aqui algumas sugestões bem arrojadas e jovens com influência British.

 

Qual é o vosso preferido?

 

Até amanhã!

Espelho, Espelho Meu #2

E então meninas, já aderiram à pele? Como vos avisei na segunda-feira, não há como fugir a esta tendência. E quem avisa, amigo é! Desprendida de estigmas associados ao rock, punk ou gótico, a pele, ganha cada vez mais versatilidade e glamour. Longe vão os tempos dos visuais pesados e hardcore… A pele pode e deve ser usada de forma feminina, elegante e, também, romântica. Já mostrámos algumas peças do Manual da Moda que o provam e, para hoje, preparámos uma sessão com mais pormenores. Ora vejam…

Eu adorei este conjunto. E vocês?

 

Até amanhã!

Mas Afinal Disfarça ou Não? #1

Sabem aquelas peças que aparecem em todas as revistas e que temos mesmo de ter se queremos estar na moda?! Tanta pressão! Bem, o peplum é uma delas. Ele veio e ficou para este Outono e Inverno. Eu gosto e até acho que tem tudo para disfarçar a gordurinha, mas chego ao provador e a dúvida instala-se... Afinal disfarça ou dá volume?

 

A resposta é: as duas! O peplum disfarça a largura da cintura, mas dá volume na zona da anca com aquele folhinho extra. É tramado! “E agora? Não quero ficar com a minha anca do tamanho de duas cadeiras, que faço?”, perguntam vocês. Meninas, o segredo é meeeeeeesmo experimentar, experimentar e experimentar... Os nossos corpos são todos diferentes e, boas notícias, os peplums também!

 

Querem saber como usá-lo? Uma boa dica será conjugá-lo com peças justas para contrariar o efeito volumoso do peplum como uma saia lápis ou uma calça skinny. Se é baixinha ou com peito avantajado deve ter uns cuidados extra e investir numa produção monocromática sem esquecer o calçado! Querem alongar a silhueta? Então, apontem aí, o calçado deve ser da mesma cor da calça ou, no caso das saias e vestidos, da mesma cor da meia.

 

Outra solução poderá passar por apostar neste modelo que apresentamos. É um casaco peplum com cintura em napa e folho pequeno. Resultado: cintura de vespa e anca do tamanho normal. 

Não é perfeito? O que acharam?

 

Até amanhã!

 

 

Espelho, Espelho Meu #1

O prometido é devido! Aqui ficam algumas fotografias que tirei com as calças de napa que mostrei ontem. Optei por um visual preto e branco porque são duas cores que adoro e, por coincidência, fazem parte das tendências cromáticas para este Outono e Inverno. Mas sobre tendências cromáticas falamos na próxima semana, pode ser?

 

Confesso que a máquina fotográfica não é minha amiga, por isso, apelo ao vosso lado mais querido! Vá lá, sejam benevolentes, sim? A ideia é mostrar que nem tudo é para magrinhas e que, se calhar, até fica bem nas minhas curvas (digo eu, sei lá…).

 

Até estou tentada a trazer este conjuntinho 100% Manual da Moda para casa. Que tal? Funcionou? Qual é a vossa sugestão?

 

Até amanhã!

 

 

Vamos Falar de Moda? #1

Optei por iniciar este blog destacando uma das tendências para este inverno que fez furor nos desfiles– a Pele.

 

Eu sei que não é, propriamente, uma novidade, blá, blá, blá... mas, para quem ainda não se rendeu a este material, este ano não tem como fugir. Em blusões, blusas, saias, calções, vestidos, calças, leggings… vale tudo. Não se estão a ver a usar nada disto? Acham demasiado rockeiro? Não é desculpa, porque podem usar em pequenos apontamentos como punhos, ombreiras ou mangas sem perder a elegância.

 

Como a pele é um material para o carote, não se tornando acessível para todos (pelo menos não para mim) deixo aqui algumas sugestões existentes no Manual da Moda, utilizando as napas como alternativa.

 

 

 

 

 

O que acharam? Gostaram? Eu adorei as calças, mas não sei se me ficarão bem. Fica aqui o compromisso de fazer a experiência com direito a partilha de fotografias.

 

Até amanhã!

 

A Tradição está na Moda

 

Parece que vos ouço... "Oh não! Outro blog de moda? Já não chega?"

Em minha defesa, não é um blog de moda qualquer...

 

Segundo o dicionário, moda, estatisticamente falando, é o valor que possui maior número de ocorrências num levantamento de frequências. E, de facto, é o que se vê, não é? Uma pessoa aproxima-se da internet, sem segundas intenções, e é bombardeada com as mesmas marcas de roupa, ora baratíssimas e sem qualidade, ora acompanhadas da expressão “Ai credo! O meu ordenado não chega nem para um botão daquele casaco!”. Para não falar das infindáveis imagens de comida saudável, batidos coloridos, fitness, músculos e muita massa magra. Alto e pára o baile! Eu gosto de estar na moda, mas comer comida de pássaro e beber legumes ralados não é para mim... Eu gosto de massa, arroz, pão e como os meus legumes inteiros e à vista como gente grande! Estou indignada. E a roupa? Eu até me repito! Eu gosto de estar na moda, mas comprar roupa para usar uma vez (porque, entretanto, virou farrapo) ou então, comprar uma peça para usar todos os dias (porque, do nada, fiquei sem dinheiro para mais), também não é para mim... Onde está o meio termo?

 

Txaraaan! Aqui! Pois é, aqui vão encontrar a moda à vossa medida. Nem 8 nem 80, mas sim do 8 ao 80. Tendências, dicas, humor, reflexões de pessoas que apreciam o bom senso, os valores, os costumes, a moda, mas também, a tradição.

E que sorte a nossa, hein? Os ventos sopram a favor... Sabem o que está na moda? A tradição!

 

Até amanhã!

Quem Somos

 

 

A EMÍLIA

Sou a Emília, uma colheita de 74, aprecio coisas simples da vida, tais como: o sol, a chuva, um sorriso, a amizade e detesto a indiferença e a crítica por dá cá aquela palha.

Adoro conhecer sítios novos (nem que seja na rua ao lado!), provar ou mesmo fazer comidas diferentes, apesar de ser incapaz de seguir uma receita, pois tenho sempre de inventar alguma coisinha.

A minha perdição? Não, não são nem sapatos, nem roupas, nem malas, nem jóias... é mesmo o chocolate infelizmente, pois assim nunca conseguirei ter um corpinho de sereia.

Em 2000 abri a loja MANUAL DA MODA, na cidade de Matosinhos, onde dou preferência a produtos nacionais. Como sempre fui gordinha quis criar um espaço onde QUASE TODAS as colecções fossem iguais desde o tamanho 36 ao tamanho 50, queria um lugar onde não houvesse diferenças – a única diferença permitida é o estilo, que esse sim deve ser único!

 

A CARLA

Cheguei a este mundo em 1986 e, desde então, chamam-me Carla. Sou licenciada em Design Gráfico pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e, sorte a minha, posso dizer que faço disso a minha profissão. Design e ilustração são as minhas grandes paixões, mas tenho outras como cinema, teatro, dança e chocolate. Sim, chocolate! Não consigo dizer-lhe que não por mais que eu queira… E acreditem, eu bem tento! Cresci com presença assídua na loja Manual da Moda e, rapidamente, percebi que as roupas não servem apenas para cobrir a pele ou proteger-nos do frio. São, também, um reflexo da nossa personalidade  e uma forma de expressão. Não demorou muito até a moda tornar-se noutra paixão minha. E assim sou eu… apaixonada pelas artes da comunicação, observadora e sonhadora.

 

SOBRE A LOJA

No MANUAL DA MODA privilegiamos as marcas nacionais, onde tentamos apresentar uma vasta selecção de produtos com qualidade e preços equilibrados, valorizando o corpo da mulher, desde o tamanho 36 ao 50, sem diferenças.

O serviço de atendimento é personalizado e, se o cliente apreciar, terá apoio na escolha da melhor opção para o seu corpo e em função do valor que pretenda gastar. Conscientes que todos os corpos são diferentes dispomos de um atelier de costura com pessoal especializado, para fazermos as alterações necessárias.

 

MORADA

RUA ALFREDO CUNHA, 155, LOJA 7 4450-023 MATOSINHOS

 

TELEFONE

(+351) 22 938 48 42

SEG. A SEXTA - 10:00 - 19:30 | SÁBADO - 10:00 ÀS 18:30

 

EMAIL

info@manualdamoda.pt

Pág. 3/3